MUSEU DE ARTE DE SÃO PAULO - Assis Chateaubriand
- | A | +

Tomie Ohtake, Composição, 1978. doação da artista, 1979, acervo MASP, foto Eduardo Ortega
Moussia Pinto Alves, Retrato de Helena Caldeira, doação, Fernando Antonio Caldeira, 1988, Coleção Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubrian

Moussia Pinto Alves: uma artista voltada à experimentação

Ao chegar no Brasil em 1923, Moussia Pinto Alves (Sebastopol, Rússia, 1901 - São Paulo, SP, 1986) se integrou rapidamente no meio artístico modernista. Com Ernesto De Fiori, na década de 1940, passou a se interessar pela escultura, com surpreendentes resultados. Na sua pintura, destaca-se a singeleza dos retratos quase ascéticos. Ainda nos anos 1940 começou a se interessar pela abstração, mas não abandonou de todo a figura. Sem temer a experimentação, expressou-se através de diferentes materiais e, à liberdade de expressão, soube aliar a ousadia, sempre disposta a ultrapassar seus próprios limites.

PALESTRANTE

Stella Teixeira de Barros - Mestre em Filosofia pela FFLCH/USP. É curadora, pesquisadora e professora aposentada de Estética e História da Arte na Faculdade de Artes Santa Marcelina. Entre inúmeras curadorias realizou a dos artistas brasileiros na Fundação Bienal de São Paulo (1985) e foi diretora do Departamento de Artes Plásticas do Centro Cultural São Paulo (2001-2004). Tem diversos livros e textos publicados. Atualmente, integra o Conselho de Arte da Pinacoteca do Estado de São Paulo.

ASSISTA A APRENSENTAÇÃO