MUSEU DE ARTE DE SÃO PAULO - Assis Chateaubriand
- | A | +

DIÁLOGOS NO ACERVO

Que relações poderiam ser feitas entre coisas de diferentes origens, períodos, tamanhos e estilos? Os cavaletes de cristal, no 2º andar do MASP, eliminam hierarquias entre obras do acervo, dispensam roteiros predeterminados e desafiam narrativas canônicas da história da arte. A transparência espacial convida os visitantes a construírem seus próprios caminhos, permitindo justaposições inesperadas e diálogos entre arte asiática, africana, brasileira e europeia. Os diálogos dão-se não somente entre obras, mas também entre elementos que compõem cada obra, como fundo e figura, frente e verso, tela e moldura; ou até entre obras e outros visitantes.

Para aprofundar as relações e perspectivas possíveis na coleção do museu, o MASP organiza uma série de conversas no acervo, sempre às terças, às 16h, e às quintas, às 18h. As conversas têm duração aproximada de 1h e acontecem em grupos de até 20 pessoas.  

INSCRIÇÕES: para participar, é necessário inscrever-se na recepção do 1º subsolo com, no mínimo, 1 hora de antecedência. Às terças-feiras a entrada no museu é gratuita.

O programa substitui o antigo modelo de visitas orientadas à coleção, diferindo da dinâmica em que os visitantes são conduzidos por um percurso cujo anseio é abranger a totalidade ou os destaques da exposição. Os diálogos no acervo, por sua vez, aproximam-se mais de um grupo de estudos, no qual seus participantes também trazem problemas, observações e referências a fim de compartilhá-los entre si.

As conversas são conduzidas por Leonardo Matsuhei e Pedro Andrada, da equipe de Mediação e Programas Públicos do MASP.


DATAS E OBRAS COMENTADAS

28 de março, terça-feira, 16h e 30 de março, quinta-feira, 18h

Antonio Henrique Amaral, Bananas e cordas 3, 1973

Claudio Tozzi, Repressão, 1968
Rubens Gerchman, Ar-Cartilha do Superlativo, circa 1968-1972
Maria Auxiliadora da Silva, Velório da noiva, 1974

Com Leonardo Matsuhei e Pedro Andrada, de Mediação e Programas Públicos

4 de abril, terça-feira, 16h e 6 de abril, quinta-feira, 18h

Nicolau Facchinetti, Niterói, 1889
Nicolau Facchinetti, Recanto da Praia de Icaraí, 1888
João Batista Castagneto,  Uma Salva em dia de grande Gala na Baía do Rio de Janeiro, 1887
Henri Nicolas Vinet, Paisagem nos Arredores do Rio de Janeiro, 1864

Com Leonardo Matsuhei, de Mediação e Programas Públicos