MUSEU DE ARTE DE SÃO PAULO - Assis Chateaubriand
- | A | +

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE AGENDAMENTO DE GRUPOS

1) Agendei uma visita com meu grupo ao MASP. Haverá alguém do museu para nos receber no dia agendado?

O MASP não realiza visitas guiadas ou acompanhadas por uma pessoa do museu. Os responsáveis pelo agendamento do grupo devem conduzir a visita. Ao chegar ao museu, o responsável deve dirigir-se à bilheteria e informar os dados do grupo para coletar os ingressos.

2) Quanto tempo dura uma visita e quantas exposições é possível visitar?

O professor ou responsável pelo grupo pode realizar a visita pelo tempo que considerar interessante ou necessário. Pode ser uma visita curta ou de muitas horas, depende do programa de trabalho e de deslocamento do grupo entre museu e escola. O ingresso dá direito a visitar todas as exposições do museu no dia da visita.

3) Qual é o número máximo ou mínimo de ingressos que posso solicitar no agendamento?

Todo agendamento de grupos deve ter, no mínimo, 10 pessoas. Grupos menores devem encaminhar-se diretamente ao museu, sem necessidade de comunicar a visita.

Grupos com grande quantidade de estudantes ou indivíduos para as exposições, devem separar as turmas em grupos menores de 20 pessoas no máximo, ou subdividir o grupo em dias diferentes. Para cada subgrupo, solicita-se a presença de 2 professores/responsáveis para a condução e eventuais emergências.

4) Já realizei o meu agendamento, mas quero trocar de data/horário. Como devo proceder?

Para mudar data ou horário de um agendamento, o professor/responsável deve entrar em contato pelo email agendamento@masp.org.br com antecedência de 3 dias, para liberar o horário solicitado para outros grupos e garantir a disponibilidade de ingressos para a nova data e horário almejados.

5) Mesmo que o MASP não ofereça visitas guiadas para grupos escolares ou de outra natureza, gostaria de contar com um guia/monitor/orientador acompanhando o meu grupo. É possível?

O MASP não dispõe de guias/monitores/orientadores que possam conduzir diariamente grupos pelo museu. A condução deve ser feita pelos professores/responsáveis de cada grupo. Desta forma, pretende-se estimular a autonomia destes profissionais ao criar-se condições para que usem o museu como ferramenta pedagógica.

Como alternativa, os responsáveis podem contratar mediadores externos ao museu, a partir de seus próprios contatos.

6) Existem programas de formação ou assessoria para professores no MASP?

O MASP oferece palestras e seminários periodicamente que são importantes programas gratuitos de formação e reflexão e contribuem para um maior aprofundamento da coleção do museu e das exposições futuras.

Além disso, os professores que desejarem planejar sua visita antes de trazerem grupos ao museu, podem escrever para agendamento@masp.org.br e se inscreverem nas visitas periódicas com curadores e mediadores do MASP. A atividade também é gratuita.

7) Quero visitar o museu antes de levar o meu grupo para me preparar. Posso ter isenção no ingresso?

Sim. É possível participar de visitas periódicas exclusivas feitas pelos curadores e educadores do museu. O agendamento deve ser feito pelo email agendamento@masp.org.br. Além disso, se preferirem visitar o museu em outros horários, podem entrar em contato no mesmo e-mail para garantir a isenção da entrada.

Além disso, o MASP possui a categoria “Professor” dentro do programa Amigo MASP, que oferece, além de entrada ilimitada de sem filas durante todo o ano, acesso a benefícios exclusivos, como encontros e visitas com curadores, descontos no MASP Escola, MASP Loja, MASP Restaurante e cinemas parceiros. Para mais informações acesse o site ou informe-se na bilheteria do museu.

8) O MASP oferece materiais de apoio pedagógico?

Os textos sobre as exposições, disponíveis no site do MASP, podem ser utilizados como materiais informativos sobre as exposições e programas do museu. Além disso, o MASP produz uma série de publicações, como brochuras e livros, geralmente lançados juntamente com a abertura de cada exposição. Com essas publicações, é possível também se aprofundar nos conteúdos das mostras.

O “MASP de bolso” é uma publicação específica com textos acessíveis sobre diferentes obras do acervo do museu e pensada para ser utilizada por jovens e adultos.

Outros materiais, como áudios, disponíveis em soundcloud.com/maspmuseu, e vídeos são constantemente produzidos e compartilhados gratuitamente no site do MASP e outras plataformas digitais.

9) É permitido desenvolver uma proposta prática/artística com o meu grupo durante a visita?

Sim, com materiais secos. Não é permitido entrar nas salas de exposições com canetas de qualquer tipo; apenas com lápis preto, giz ou outros materiais facilmente removíveis. É permitido sentar em frente às obras ou ocupar outros espaços do museu para esse tipo de atividade, sempre tomando cuidado para não comprometer o trânsito de outros grupos ou visitantes.

O MASP está implementando, gradativamente, um mobiliário de trabalho no 2º andar e no hall do 1º andar. Se estes espaços não estiverem sendo ocupados por atividades do museu, os visitantes ou grupos estão convidados a utilizarem as mesas e banquinhos para descansar, conversar, trabalhar, ler ou realizar uma atividade específica que não comprometa a manutenção do mobiliário.

10) Sou professor de uma instituição privada e os meus alunos são menores de 10 anos. Eles pagam pelo ingresso?

Não. Quando o responsável pelo grupo se apresentar à bilheteria, ele deve fazer esta observação. As crianças receberão ingressos gratuitos e os demais acompanhantes pagarão meia entrada (R$15,00).

11) Qual é o melhor dia para visitar o museu com o meu grupo?

O MASP pode ser visitado de terça a domingo. Apesar de realizar agendamentos para a terça-feira, dia em que o museu tem entrada gratuita e maior volume de visitação, recomenda-se que professores/responsáveis evitem trazer grupos. As visitas nos outros dias são mais confortáveis, já que as exposições contam com um número menor de visitantes. Sugere-se sobretudo, aos grupos de escolas que já tem a gratuidade garantida, que agendem para os demais dias da semana. Lembrando que o MASP não abre às segundas-feiras.

12) Existe algum espaço para lanches de grupos escolares no MASP?

Não. Recomendamos que os grupos utilizem o vão do MASP, o Parque Trianon ou o próprio ônibus para isso. Também sugere-se que os grupos não tragam mochilas, de modo que os lanches sejam trazidos em uma única caixa ou sacola para otimizar o tempo do grupo e do guarda-volumes do museu.

13) Onde devo desembarcar com o meu grupo e onde o meu ônibus pode estacionar?

O MASP não possui estacionamento próprio para carros, motos ou ônibus. A Prefeitura de São Paulo não permite que ônibus estacionem na Avenida Paulista, nem mesmo para desembarque. Se os ônibus vem sentido bairro-centro, na Avenida Paulista, basta entrar à direita na rua Prof. Otávio Mendes para desembarcar o grupo. No sentido centro-bairro, basta fazer o retorno na Rua Peixoto Gomide, Alameda Santos e Alameda Casa Branca e já será possível desembarcar na rua Otávio Mendes, ao lado do MASP.

14) O MASP tem algum lugar onde o meu grupo possa tomar café ou almoçar?

O MASP conta com um restaurante e com o café MASP Suplicy no 1º andar e no 1º subsolo, todos abertos de terça a domingo. Os espaços, tanto do restaurante quanto dos cafés, são limitados e de uso público, portanto recomenda-se reservar com antecedência. Os horários de atendimento são:

- MASP Restaurante:
segunda a sexta, das 12h às 15h.
Sábados, domingos e feriados, das 12h às 16h.
Reservas: 11 3253 2829 ou 8artemasp@gmail.com

- Café MASP Suplicy:
terça a domingo, das 10h às 18h,
quinta-feira até as 20h.

15) Como faço para acompanhar a agenda de exposições e me programar com antecedência?

As informações sobre as próximas exposições estão disponíveis no site do museu (masp.org.br).