MUSEU DE ARTE DE S√O PAULO - Assis Chateaubriand
2012
- | A | +

PAP√ČIS BRASILEIROS Mestres da gravura integram sele√ß√£o com mais de 120 obras do acervo do MASP.

EXPOSIÇÃO DO ACERVO MASP
PAP√ČIS BRASILEIROS
Período:
A partir de 21 de fevereiro de 2014. Sem previs√£o de encerramento, Acervo MASP

Uma sele√ß√£o com mais de 120 obras de mestres em diferentes t√©cnicas da arte da gravura √© o que traz ao p√ļblico a exposi√ß√£o Pap√©is Brasileiros: Gravura. A mostra conta com obras de Volpi, Tarsila, Babinski, Samico, Manezinho Ara√ļjo, Gruber, Jardim, Segall, Grassmann, Valentim, Hudinilson, Nelson Leirner e tantos outros, mestres brasileiros e estrangeiros que vieram para o Brasil. Com curadoria de Teixeira Coelho e Denis Molino, a exposi√ß√£o tra√ßa um panorama da diversidade estil√≠stica proporcionada por essa t√©cnica.




Exposi√ß√Ķes individuais de Regina Silveira, Odires Ml√°szho e Rodrigo Braga, no MASP.

REGINA SILVEIRA, ODIRES ML√ĀSZHO E RODRIGO BRAGA
PRÊMIO MASP DE ARTES VISUAIS 2013
Período:
De 13 de dezembro de 2013 até 11 de maio de 2014.

Mostras individuais dos vencedores da 2a. edi√ß√£o do Pr√™mio MASP de Artes Visuais formam um pequeno panorama da arte contempor√Ęnea brasileira. A premia√ß√£o deste ano inclui uma nova categoria, a de Conjunto da Obra, concedida a Regina Silveira, que se soma √† de Exposi√ß√£o do Ano para Odires Ml√°szho e Artista Emergente para Rodrigo Braga. Os artistas foram escolhidos por j√ļri internacional.




A TERRA VISTA DO C√ČU traz 130 fotografias de Yann Arthus-Bertrand ao V√£o Livre do MASP e ao Parque Trianon, at√© 15/12.

YANN ARTHUS-BERTRAND
A TERRA VISTA DO C√ČU
Período:
15 de outubro a 15 de dezembro de 2013




O evento ocupa diversos espa√ßos culturais na cidade com um tema que chama aten√ß√£o para o debate sobre o espa√ßo p√ļblico e a mobilidade urbana

X BIENAL DE ARQUITETURA DE SÃO PAULO
CIDADE: MODOS DE FAZER, MODOS DE USAR
Período:
De 13 de outubro a 24 de novembro de 2013

A Bienal de Arquitetura de S√£o Paulo, realizada h√° 40 anos pelo Instituto de Arquitetos do Brasil ? IAB, chega √† d√©cima edi√ß√£o com o tema ?Cidade: Modos de Fazer, Modos de Usar? e, desta vez, instala-se em locais francamente urbanos, espalhados em rede. Refletindo sobre a cidade contempor√Ęnea, a bienal incorpora a dimens√£o urbana na pr√≥pria estrutura espacial. Assim, ao mesmo tempo em que visita a exposi√ß√£o, o p√ļblico tem a experi√™ncia viva da cidade de S√£o Paulo.




A pintura Moema, de Victor Meirelles, pode ser apreciada logo após seu processo de restauração, no 2 andar do MASP - exposição Romantismo (até 13 de outubro de 2013)

VICTOR MEIRELLES DE LIMA
MOEMA
Período:
Desde 1 de novembro de 2013. Sem previs√£o de encerramento, Acervo MASP

BANK OF AMERICA MERRILL LYNCH E MASP APRESENTAM PRIMEIRA OBRA DO PROGRAMA DE RESTAURAÇÃO PATROCINADA DE OBRAS DE ARTE




FotoBienalMASP - 1a. edição - investiga as fronteiras entre a fotografia e linguagens afins. De 15 de agosto a 17 de novembro, aqui no MASP.

1a. edição
FotoBienalMASP
Período:
De 15 de agosto a 17 de novembro de 2013

FotoBienalMASP re√ļne trabalho de 35 artistas do pa√≠s e exterior e marca nova fase na parceria do MASP com a Pirelli, iniciada em 1990 e respons√°vel pela forma√ß√£o de singular cole√ß√£o de fotografia brasileira com mais de 1.100 obras. Concebido por Teixeira Coelho, evento tem curadoria de Ricardo Resende e apresenta em sua primeira edi√ß√£o o cotejo entre a fotografia e linguagens pr√≥ximas. Entre os artistas est√£o o Grupo Garapa, Grupo Motoboys, Caio Reisewitz, Rodrigo Braga, Berna Reale, Dora Longo Bahia, Odires Ml√°szho, a s√©rvia Marina Abramovic e o colombiano Oscar Mu√Īoz.




A partir de 28/6, LUCIAN FREUD: CORPOS E ROSTOS, no MASP (imagem: divulgação)

LUCIAN FREUD
LUCIAN FREUD - CORPOS E ROSTOS
Período:
De 28 de junho de 2013 a 02 de fevereiro de 2014

Consagrado como um dos mais importantes artistas da atualidade, Lucian Freud p√Ķe em relevo a arte do retrato, fio condutor de seu trabalho. Nesta mostra organizada pelo MASP e British Council, o centro √© sua obra gr√°fica, expressa em 44 gravuras acompanhadas por seis pinturas e 28 fotos do artista e seus modelos no ateli√™, clicadas por seu assistente David Dawson, que vir√° para abertura da mostra e far√° palestra aberta ao p√ļblico na quinta-feira, 27. Viabilizada pelo HSBC via Lei Federal de Incentivo √† Cultura, exposi√ß√£o fica em cartaz de 28 de junho, sexta-feira, a 13 de outubro, domingo, no MASP.




Em onze obras, CANDIDO PORTINARI volta em sala especial a partir de 18/4 (na imagem, Retirantes, de 1944)

CANDIDO PORTINARI
S√ČRIES B√ćBLICA E RETIRANTES
Período:
A partir de 18 de abril de 2013 - sem previs√£o de encerramento

Mostrando duas fases distintas de Portinari, as s√©ries B√≠blica e Retirantes revelam toda a t√©cnica e habilidade de um dos artistas brasileiros mais prestigiados de todos os tempos. As onze obras ganham sala especial no 1¬ļ subsolo do Museu, a partir do dia 18 de abril. Apresentada pela √ļltima vez no museu em 2008, a mostra re√ļne a s√©rie B√≠blica completa, com oito obras, ao lado de tr√™s das cinco obras da s√©rie Retirantes.




A exposi√ß√£o OBSESS√ēES DA FORMA traz obras de Rodin, Renoir, Degas e outras dezenas de artistas reverenciados em todo o mundo. (na imagem, V√™nus Vitoriosa, de Renoir)

EXPOSIÇÃO DO ACERVO MASP
OBSESS√ēES DA FORMA - ESCULTURAS DA COLE√á√ÉO MASP
Período:
De 10 de junho de 2012 até 19 de setembro de 2013

O MASP volta a exibir obras de seu acervo de tridimensionais. As 50 obras de mestres da escultura do século XIX aos dias de hoje e a dupla de guerreiros chineses em terracota poderão ser vistas na mostra que contempla obras de Renoir, Degas, Brecheret, Felícia Leirner, Calder, Giorgi, Rodin, Ianelli, Duke Lee, Jim Dine e outras dezenas de artistas reverenciados em todo o mundo.




Os vencedores da 1ª edição do Prêmio MASP Mercedes-Benz de Artes Visuais 2012, Anna Maria Maiolino e Paulo Nazareth apresentam sua obra no MASP.(imagem:Paulo Nazareth)

EXPOSI√á√ÉO TEMPOR√ĀRIA
PRÊMIO MASP MERCEDES-BENZ DE ARTES VISUAIS 2012
Período:
De 21 de dezembro de 2012 a 7 de abril de 2013.

Escolhidos por j√ļri internacional, os vencedores da 1¬™ edi√ß√£o ocupar√£o mezanino e subsolo do MASP com duas exposi√ß√Ķes que trazem obras respons√°veis pela concess√£o do Pr√™mio, al√©m de pe√ßas in√©ditas. .




Pela primeira vez no Brasil, Johannes Vermeer visita o MASP em obra-prima recém-restaurada: Mulher De Azul Lendo Uma Carta. De 12/12 a 10/02.

EXPOSI√á√ÉO TEMPOR√ĀRIA
VERMEER - MULHER DE AZUL LENDO UMA CARTA
Período:
De 12 de dezembro de 2012 a 10 de fevereiro de 2013

Vermeer viveu os anos de ouro da Holanda, no século 17, mas não desfrutou de reconhecimento. Hoje é reverenciado como um dos grandes nomes da história da arte, ícone entre os holandeses ao lado de Bosch, Rembrandt, Hals e Van Gogh. Recém-restaurada, Mulher de azul lendo uma carta (1663-1665),uma de suas 36 obras com autoria reconhecida, visita agora três museus internacionais e estará no MASP a partir de 12/12.




O Triunfo do Detalhe apresenta 15 obras-primas do Acervo do MASP, de grandes mestres dos séculos 16 ao início do 19. Retrato de um Fidalgo Florentino (Piero de Medici) - Alessandro Allori

EXPOSIÇÃO DO ACERVO MASP
O TRIUNFO DO DETALHE. OS MESTRES ANTIGOS: O RETRATO
Período:
De 22 de fevereiro a 9 de junho de 2013

Reunião de nomes máximos da arte dos séculos 16 ao início do 19, entre eles Rembrandt, Tiziano, Velázquez e Goya, a mostra oferece uma intencional e incomum experiência: poucas obras dispostas numa ampla galeria, permitindo ao observador que concentre sua atenção nos detalhes que cada uma delas pode lhe oferecer.




Parte da programa√ß√£o da 36¬į Mostra de Cinema Internacional, a exposi√ß√£o Luz Instant√Ęnea - Polaroids de Andrei Tark√≥vski apresenta uma s√©rie de fotografias do diretor russo.

EXPOSI√á√ÉO TEMPOR√ĀRIA
LUZ INSTANT√āNEA: POLAROIDS DE ANDREI TARK√ďVSKI
Período:
De 17 de outubro a 25 de novembro.

Paralelamente √† exibi√ß√£o dos filmes de Tark√≥vski, a Mostra Internacional de Cinema, em colabora√ß√£o com o MASP apresenta uma exposi√ß√£o com curadoria do filho de Tark√≥vski (Andrei A. Tark√≥vski), intitulada Luz Instant√Ęnea - Polaroids de Andrei Tark√≥vski. A exposi√ß√£o exibir√° uma cole√ß√£o dos famosos trabalhos em Polaroide do diretor, uma s√©rie de 80 imagens significativamente interligadas com o car√°ter do seu cinema e que representam uma suspens√£o no tempo pelo seu formato f√≠sico de Polaroid.




Com obras inéditas no Brasil, Luzes do Norte - Desenhos e gravuras da Coleção Barão de Rothschild / Musée du Louvre traz 61 gravuras de artistas do século 16. De 19/10 a 27/01.

EXPOSI√á√ÉO TEMPOR√ĀRIA
LUZES DO NORTE - DESENHOS E GRAVURAS DO RENASCIMENTO ALEM√ÉO NA COLE√á√ÉO BAR√ÉO EDMOND ROTHSCHILD / MUS√ČE DU LOUVRE
Período:
De 19 de outubro a 27 de janeiro de 2013.

Com obras-primas in√©ditas no pa√≠s, Luzes do Norte - Desenhos e gravuras da Cole√ß√£o Bar√£o de Rothschild / Mus√©e du Louvre traz 61 gravuras de D√ľrer, Altdorfer, Schongauer e 23 artistas do s√©culo 16 que aqui se juntam a dois √≥leos de Cranach e Holbein pertencentes ao museu. A mostra d√° sequ√™ncia √†s exibi√ß√Ķes de gravuras e desenhos das obras completas de Goya; Desenhos espanh√≥is do s√©culo 20; Chagall; Max Ernst e Sigmar Polke.




O ESPECTRO DIVERSO - 600 ANOS DE CER√āMICA COREANA traz 70 obras-primas do s√©culo 14 at√© os dias de hoje, vindas do Museu Nacional da Coreia.

EXPOSI√á√ÉO TEMPOR√ĀRIA
O ESPECTRO DIVERSO - 600 ANOS DE CER√āMICA COREANA
Período:
De 17 de agosto a 25 de novembro de 2012

Exposi√ß√£o concebida especialmente para o MASP traz raros exemplares da arte cer√Ęmica em mostra organizada pela curadoria do Museu Nacional da Coreia. Obras-primas produzidas ao longo de s√©culos estar√£o ao lado de outras, contempor√Ęneas, que reinterpretam os princ√≠pios tradicionais dessa arte. Nestes 600 anos de hist√≥ria, t√©cnicas de elevado n√≠vel refletem o desenvolvimento de conceitos e ideologias que moveram os artistas coreanos ao longo do tempo.




CARAVAGGIO E SEUS SEGUIDORES traz 20 obras do mestre barroco e de artistas por ele influenciados. Até 30/9, no MASP.

MICHELANGELO MERISI, dito CARAVAGGIO
CARAVAGGIO E SEUS SEGUIDORES
Período:
02 de agosto a 30 de setembro de 2012

De renomados museus italianos e cole√ß√Ķes particulares, chega ao Brasil a maior exposi√ß√£o de obras do g√™nio italiano Michelangelo Merisi de Caravaggio, que nasceu em setembro de 1571 e morreu em julho de 1610 e √© considerado o principal representante do Barroco. CARAVAGGIO E SEUS SEGUIDORES apresenta seis obras-primas do artista e outras 14 obras de artistas diretamente influenciados por sua obra e t√©cnica, entre eles Artemisia Gentileschi, Bartolomeo Cavarozzi, Giovanni Baglione, Hendrick van Somer e Jusepe di Ribera.




Mestres da gravura internacional est√£o na mostra in√©dita PAP√ČIS ESTRANGEIROS-GRAVURAS DA COLE√á√ÉO MASP, com mais de 80 obras do Acervo do Museu (Porto De Mar Com Grande Torre, Claude Lorrain)

EXPOSIÇÃO DO ACERVO MASP
PAP√ČIS ESTRANGEIROS: GRAVURAS DA COLE√á√ÉO MASP
Período:
A partir de 9 de fevereiro de 2013

Uma sele√ß√£o com mais de 80 obras de mestres em diferentes t√©cnicas da arte da gravura est√° em exibi√ß√£o no MASP. Pap√©is estrangeiros: Gravuras da Cole√ß√£o MASP traz obras do espanhol Goya, do alem√£o D√ľrer, dos holandeses Rembrant, Jan van Vliet e Lucas van Leiden, do argentino Leon Ferrari, entre outros pintores e ourives. Com curadoria de Teixeira Coelho e Denis Molino.




A exposição MODIGLIANI - IMAGENS DE UMA VIDA apresenta obras de Amedeo Modigliani e de amigos, até 15/7 no MASP (Grand Nu Allonguè, divulgação)

AMEDEO MODIGLIANI
MODIGLIANI - IMAGENS DE UMA VIDA
Período:
17 de maio a 15 de julho de 2012

Uma cole√ß√£o composta por pinturas, esculturas e desenhos originais, al√©m de di√°rios, fotos e manuscritos, integram a exposi√ß√£o. O percurso expositivo leva o p√ļblico a uma imers√£o na intimidade do artista, come√ßando por seus estudos na It√°lia, seus professores e aprendizados. Seu apogeu acontece na Paris modernista, em meio a manifesta√ß√Ķes art√≠sticas, influ√™ncias e confrontos criativos com os amigos que, juntos, sacudiram os pilares da arte estabelecida e ajudaram a dar novos rumos para as gera√ß√Ķes de artistas que se formavam em meio √† efervesc√™ncia cultural do in√≠cio do s√©culo 20.




DE CHIRICO: O SENTIMENTO DA ARQUITETURA - Obras da Fondazione Giorgio e Isa de Chirico, considerada a mais expressiva coleção de obras do artista já exposta no país, poderá ser vista no MASP até 20/5.

OBRAS DA FONDAZIONE GIORGIO E ISA DE CHIRICO
DE CHIRICO: O SENTIMENTO DA ARQUITETURA
Período:
22 de março a 20 de maio de 2012

De Chirico: O Sentimento da Arquitetura - Obras da Fondazione Giorgio e Isa de Chirico, considerada a mais expressiva cole√ß√£o de obras de Giorgio de Chirico j√° exposta no pa√≠s, poder√° ser vista no MASP de 22 de mar√ßo a 20 de maio. Mostra re√ļne 45 pinturas e onze esculturas produzidas no per√≠odo chamado neometaf√≠sico, entre os anos 60 e 70, al√©m de 66 litografias de 1930, aqui apresentadas juntas pela primeira vez.




19a. Edição da COLEÇÃO PIRELLI/MASP DE FOTOGRAFIA, até 15/7 no MASP (imagem: Rio de Janeiro 1964, Alécio de Andrade, CP19-2012)

COLEÇÃO PIRELLI/MASP DE FOTOGRAFIA
19a. EDIÇÃO
Período:
29 de fevereiro a 15 de julho de 2012

Dez fot√≥grafos que influenciaram gera√ß√Ķes e se tornaram marco da fotografia contempor√Ęnea no Brasil comp√Ķem a nova mostra da Cole√ß√£o Pirelli/ MASP, que completa 21 anos. S√£o cerca de cem obras, 30 delas in√©ditas e outras 70 escolhidas entre as mais de 1.100 da Cole√ß√£o que √© o mais completo painel da fotografia brasileira da 2¬™ metade do s√©culo XX aos dias de hoje.




ROMA ¬Ė A VIDA E OS IMPERADORES traz 370 pe√ßas que desvendam os h√°bitos e costumes do povo romano, no MASP at√© 22/4 (na imagem, Est√°tua di Cal√≠gula, Arquivo Museu Nacional de N√°poles)

EXPOSI√á√ÉO TEMPOR√ĀRIA
ROMA - A VIDA E OS IMPERADORES
Período:
De 25 de janeiro a 22 de abril de 2012

Tesouros do Imp√©rio Romano como joias, mosaicos, afrescos, esculturas, vestimentas e outros objetos saem pela primeira vez da It√°lia. √Č uma viagem a tr√™s s√©culos do per√≠odo tardio da Rep√ļblica e primeiros s√©culos do Imp√©rio Romano, de J√ļlio C√©sar (49 a.C. - 44 a.C.) e Augustus (27 a.C - 14 a.C) at√© Sept√≠mio Severo e seu filho Caracala, que reinaram entre 193 e 217. Ao todo, 370 pe√ßas desvendam h√°bitos e costumes do povo romano e seus imperadores e podem ser vistas a partir de 25 de janeiro no MASP.




REALISMO CAPITALISTA E OUTRAS HIST√ďRIAS ILUSTRADAS - SIGMAR POLKE - A partir de 28/10 (Imagens: Cole√ß√£o Dr. Axel Ciesielski; Cole√ß√£o privada, Alemanha; Cortesia Galeria Christian Lethert)

SIGMAR POLKE
REALISMO CAPITALISTA E OUTRAS HIST√ďRIAS ILUSTRADAS
Período:
28 de outubro de 2011 a 29 de janeiro de 2012

Depois de produzir a in√©dita e premiada mostra Pintura Alem√£ Contempor√Ęnea, MASP concebe e produz SIGMAR POLKE - Realismo Capitalista e outras hist√≥rias ilustradas, mostra com a s√©rie completa das obras gr√°ficas (edition prints) do artista pl√°stico alem√£o. Criados entre 1963 e 2009, os trabalhos ter√£o a companhia dos originais, in√©ditos, das gravuras, desenhos e colagens da s√©rie Day by Day, feitas para a 13¬™ Bienal de Arte de SP, em 1975, quando Polke recebeu o pr√™mio de pintura.




Na exposição OLHAR E SER VISTO podem ser apreciados diversos retratos do Acervo MASP, como as 5 pinturas de Goya, dentre elas o Retrato de Fernando VII (imagem).

EXPOSIÇÃO DO ACERVO MASP
OLHAR E SER VISTO - RETRATOS E AUTO-RETRATOS
Período:
Encerramento: 04/3/2012

Um novo olhar sobre a cole√ß√£o do MASP, Olhar e Ser Visto celebra a arte do retrato e do auto-retrato do s√©culo 16 aos nossos dias. √Č poss√≠vel perceber diversas transforma√ß√Ķes ao longo dos anos, atrav√©s de obras de mestres como Renoir, Van Gogh, Modigliani, Rivera, Picasso, Toulouse-Lautrec, Frans Hals e Goya.




A Canoa Sobre o Rio Epte, de Claude Monet, é uma das obras que podem ser apreciadas na exposição ROMANTISMO, A ARTE DO ENTUSIASMO.

ACERVO DO MASP
ROMANTISMO: A ARTE DO ENTUSIASMO
Período:
De 5 de fevereiro de 2010 até 13 de outubro de 2013

Obras de Bosch, El Greco, Monet, Renoir, Van Gogh, Dal√≠, Le√≥n Ferrari, Tomie Ohtake e dezenas de outros mostram que os ideais do Romantismo - movimento identificado entre meados dos s√©culos XVIII e XIX - permeiam a arte produzida nos √ļltimos 500 anos no Ocidente.